'Vamos regular área já ocupada', diz senador sobre menor proteção florestal

14/06/2017

Defensor da redução do nível de proteção de 597 mil hectares de áreas na Amazônia -o equivalente a quatro municípios de São Paulo-, o senador Flexa Ribeiro (PSDB-PA) afirma que o objetivo principal das mudanças é regularizar áreas já ocupadas por pequenos produtores, mas admite que também há interesses minerários no local.

O parlamentar foi autor de duas emendas parlamentares aprovadas no Congresso. Uma delas anulou o aumento de 51 mil hectares do Parque Nacional do Jamanxim, previsto no texto assinado pelo presidente Michel Temer.

A justificativa, baseada em parecer do Ministério de Minas e Energia, é de que a ampliação afetaria 156 processos de direitos minerários em andamento.

Depois de passarem pela Câmara e pelo Senado, as medidas provisórias dependem agora da sanção de Temer.

Folha.com | BR | Ambiente

Leia a entrevista completa aqui.

Veja o clipping completo