Ibama embarga 2 mil hectares em fazendas no sudeste do Pará

30/07/2015

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) multou e embargou cinco fazendas nos municípios de Paragominas e Ulianópolis, no sudeste do Pará, por danificar vegetação nativa e por estar com irregularidade na licença ambiental. A equipe de fiscalização, que passou oito dias em operação no local, identificou, além da derrubada e queima das árvores, fornos de produção de carvão vegetal, os quais utilizavam a lenha extraída das próprias áreas.

No total, aproximadamente 2 mil hectares foram desmatados e o material lenhoso resultante foi queimado, com o intuito de limpar a área para a plantação de soja. Os proprietários alegaram limpeza da área. Eles foram multados em um valor que a soma chega a R$ 10 milhões.

G1 | PA | Rede Liberal

Leia a matéria completa aqui.

Veja o clipping completo