Desmatamento preocupa, diz representante da ONU

14/06/2017

"Nós também estamos preocupados", disse ao Valor o norueguês Erik Solheim, diretor executivo do UN environment (o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente), sobre a tendência de aumento do desmatamento, a flexibilização da proteção às florestas e a votação das duas medidas provisórias no Congresso que colocam em risco 600 mil hectares de floresta amazônica e de Mata Atlântica e que aguardam veto ou sanção do presidente Michel Temer.

Solheim está no Brasil para a comemoração dos 25 anos da Rio-92, a conferência sobre desenvolvimento da ONU que produziu, entre outros resultados, as convenções do Clima e da Biodiversidade. Esteve na segunda-feira em Brasília, em evento no Palácio do Planalto organizado pelo Fórum Brasileiro de Mudanças Climáticas. Temer não prometeu vetar as resoluções, mas ouviu o argumento de que a decisão do Congresso inviabiliza a meta climática assumida pelo Brasil no Acordo de Paris.

"Pedi ao presidente o veto ou que encontre uma forma de alterar a lei", disse Solheim. O ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, disse no início do evento promovido pelo Rio Clima que acredita no veto presidencial.

Valor Econômico | BR | Brasil | Página 04

Leia a notícia completa aqui.

Veja o clipping completo