Demanda por comida nas cidades da Amazônia impacta fauna da região

25/07/2017

A crescente demanda por comida pelos habitantes das cidades no meio da Amazônia pode ter um grande impacto na fauna da região, aponta estudo publicado nesta segunda-feira no periódico científico Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS). Diante disso, defendem os pesquisadores liderados por Daniel Tregidgo, da Universidade de Lancaster, no Reino Unido, são necessárias mais pesquisas para avaliar qual será de fato a influência no meio ambiente das mais de 18 milhões de pessoas que já vivem em zonas urbanas dentro da floresta.

Neste estudo inicial, os pesquisadores percorreram aldeias e vilas ao longo do Rio Purus, um dos principais afluentes do Amazonas. Usando como referência o tambaqui, peixe muito apreciado pela população local, eles observaram uma redução no tamanho dos animais capturados e sua disponibilidade a uma distância que chegou a mil quilômetros de Manaus, que tem mais de 2 milhões de habitantes.

- As metrópoles na floresta lançam uma sombra de mil quilômetros sobre ela diz Tregidgo. - Nossa pesquisa mostra o impacto da demanda urbana sobre espécies altamente valorizadas de peixes fluviais que é sentido muito mais longe das cidades do que imaginávamos. E isto é significativo porque os trópicos abrigam dois terços da biodiversidade da Terra e estão experimentando um rápido crescimento da população humana, com a urbanização e as mudanças econômicas resultando em uma maior demanda por alimentos.

O Globo Online | BR | Sustentabilidade

Leia a notícia completa aqui.

 

 

 

Veja o clipping completo