Ações de consumo podem ajudar a adquirir novos comportamentos

31/07/2015

Em boa parte das pessoas estão estabelecidas relações de consumo. Como balizador da vida moderna, o consumo é também um dos principias meios para modificação de hábitos e criação de ações que gerem impactos positivas sobre o meio ambiente e qualidade de vida e da saúde coletiva. o empenho das empresas nesse movimento assume uma dimensão importante e é o fator decisivo para que se tenha êxito nesse processo de  mudança que se tornou imperativo.

A rede multinacional de supermercados Walmart tem como estratégia incorporar a sustentabilidade a todas as etapas do negócio: da construção das lojas ao descarte ambientalmente correto de resíduos. Para isso a empresa definiu metas globais em três frentes: Clima e Energia, Resíduos e Produtos mais Sustentáveis. "É responsabilidade do setor privado contribuir para o desenvolvimento sustentável da sociedade, garantindo um mundo melhor para as próximas gerações, o que inclui mudanças nos padrões se consumo, de produção e do uso de recursos naturais" defende Luiz Herrisson, diretor de Sustentabilidade do Walmart Brasil.

Em junho de 2009, a companhia e seus fornecedores assumiram compromissos no chamado Pacto pela sustentabilidade. "Ele norteia o cuidado com a nossa cadeia de suprimentos e incorpora questões de responsabilidade socioambiental da Amazônia brasileira", explica o diretor.

Por meio da sua Plataforma Global de Agricultura Sustentável, a companhia visa controlar a origem dos produtos agrícolas de alto consumo e que contribuem para o desmatamento das florestas, como óleo de palma e carne bovina. Em 2014, o sistema, que contou com a adesão e o cadastramento de cinco frigoríficos, 25 industrias frigoríficas e 34.981 fazendas, armazenava 840.474 informações do bioma amazônico. Para 2015, o Walmart prevê auditorias independentes para avaliar todo o processo de compra de carne bovina com origem na Amazônia.  

A Tarde | BA | Inovação | Página IAS007

Veja o clipping completo