Amazônia na Mídia
  • 17/05/2017
    UOL

    Relatório da organização WWF estima que projetos no Congresso podem tirar uma área do tamanho da Áustria do mapa de unidades de conservação. Medida beneficiaria bancada ruralista em troca de apoio a reformas.O maior programa de áreas protegidas do mundo está em risco, alerta o WWF Brasil.

  • 17/05/2017
    Folha de S. Paulo

    Sob protesto de ambientalistas, a Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (16) a redução na proteção de ao menos 496 mil hectares de áreas no Pará e em Santa Catarina.

    As mudanças, que ainda precisam do aval do Senado e do presidente Michel Temer, abrem caminho para a legalização de grileiros e posseiros e autorizam a mineração.

  • 17/05/2017
    Valor Econômico

    Sob protesto de ambientalistas, a Câmara dos Deputados aprovou ontem a redução na proteção de ao menos 496 mil hectares de áreas no Pará e em Santa Catarina. As mudanças, que ainda precisam do aval do Senado e do presidente Michel Temer, abrem caminho para a legalização de grileiros e posseiros e autorizam a mineração.

  • 17/05/2017
    Diário de Cuiabá (MT)

    Levantamento do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) revela que desde 2012 as taxas de desmatamento em Unidades de Conservação (UCs) vêm aumentando, assim como a participação no desmatamento total do bioma.

  • 17/05/2017
    Diário de Cuiabá (MT)

    A Polícia Federal deflagrou ontem, terça-feira (16), a Operação Nambikwara, visando desarticular associação criminosa envolvida na prática reiterada de desmatamento e comércio ilegal de madeira. A ação policial foi desencadeada na região de Comodoro (MT) e aldeias da Terra Indígena Nambikwara.

  • 17/05/2017
    O Estado de S. Paulo

    O governo pode se preparar para enfrentar uma forte resistência caso queira levar adiante o plano de liberar uma área de 47 mil quilômetros quadrados em plena floresta amazônica, entre o Pará e o Amapá, para extração de ouro e outros minerais nobres.

  • 14/05/2017
    EL PAÍS BRASIL

    As propostas de diminuição dos direitos sociais dominam o noticiário. Mas o espírito do momento, de barco afundando pelas investigações de corrupção e pela crise, está gerando outras propostas apressadas, afinal “quem está para morrer, anda depressa”, teria dito Humboldt. As manifestações de abril mostraram o que os índios estão experimentando.

  • 14/05/2017
    O Estado de S. Paulo

    No próximo dia 25, o Novo Código Florestal Brasileiro, instrumentalizado pela Lei Federal 12.651/2012, completa cinco anos. Cinco anos, e ainda não vige plenamente! Inacreditável! Foi um parto complicado: alguns ambientalistas radicais e outros tantos produtores rurais imediatistas, além de muita ignorância, dificultavam um texto satisfatório.

  • 14/05/2017
    O Liberal (PA)

    O Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) e a Secretaria Executiva do Ministério do Meio Ambiente têm dez dias para responder aos questionamentos do procurador da República Bruno Valente, que conduz a investigação sobre o edital de pregão eletrônico do Ministério do Meio Ambiente (MMA), do ministro Sarney Filho (PV/MA), para contratar empresas particulares de monitoramento ambiental da

  • 13/05/2017
    Revista Carta Capital

    Esquece? Como assim? É possível esquecer a maior floresta tropical do mundo? É possível esquecer metade do território nacional? É possível esquecer milhares de espécies de plantas e animais? Aqueles rios imensos, aquela água toda? Esquecer os mais de 200 povos indígenas que vivem por lá? Os ribeirinhos, os seringueiros, os extrativistas? Uma floresta, mesmo que pareça infinita, acaba.